CategoriesDicas

Foi-se o tempo em que os apartamentos tinham lavanderias super equipadas. A tendência do momento, que veio para ficar, é o compartilhamento das lavanderias.

Por isso, os Condomínios verticais e até mesmo os horizontais retomaram os projetos de lavanderias compartilhadas para uso de todos os moradores. E esta é uma novidade que veio para ficar, porque os moradores em Condomínio buscam cada vez mais praticidade, economia e otimização dos espaços das unidades habitacionais.

A arquiteta e designer de interiores Patrícia Forte conta que as lavanderias nas áreas comuns voltaram a ganhar espaço por uma série de fatores, entre eles o aumento da densidade habitacional, o interesse dos moradores em ampliar as cozinhas o até mesmo fazer áreas gourmets nas unidades, para cozinhar e receber os amigos, ou até mesmo abrir espaço para despensas.

Então, as lavanderias começaram a “sumir” dos projetos habitacionais. Mesmo porque as pessoas têm optado em ter menos filhos. “As lavandeiras nas áreas comuns, assim como o home office, estão ganhando mais força, porque as pessoas estão trabalhando mais de forma remota, até por conta de tudo que estamos vivendo, com a pandemia”, comentou Patrícia. Nos dias atuais há uma tendência de otimização dos espaços em apartamentos cada vez menores. 

A opinião é semelhante da designer de interiores Mirian Perocco. “As lavanderias compartilhadas são uma tendência não só no Estado de São Paulo, mas em todo o Brasil. Este modelo de lavanderia compartilhada vem sendo cada vez mais incorporado nos projetos de apartamentos e condomínios horizontais por trazer benefícios para quem a utiliza, como economia, rapidez e praticidade, além de sustentabilidade”, informou Mirian.

A gerente da Marketing da OMO Lavanderia Compartilhada, Maria Eugênia, citou esta dificuldade de espaço.

“A OMO Lavanderia Compartilhada é um modelo focado em prédios e condomínios, buscando solucionar principalmente uma das grandes “dores” do nosso consumidor: a falta de espaço para lavanderias em apartamentos menores. Vemos que apartamentos menores são cada vez mais uma tendência, por isso, as pessoas precisam gerenciar e aproveitar melhor os espaços dentro de casa. Assim, utilizamos tecnologia de ponta para entregar a esses consumidores sua própria lavanderia compartilhada dentro do seu prédio residencial”, explicou a gerente de marketing da OMO Lavanderia.

Mírian informou que devido a redução da metragem dos apartamentos, a área da lavanderia está cada vez menor e até mesmo sendo extinta em alguns empreendimentos.

“As construtoras estão visando um futuro onde ter um espaço de lavanderia compartilhada seja a melhor forma para os dias atuais. Outro fator que propicia a colocação deste sistema é o crescente número de pessoas solteiras, que trabalham fora e não têm tempo para lavar e secar suas roupas, ou até mesmo a falta de espaço adequado no apartamento. Neste caso, utilizar uma lavanderia compartilhada é a forma mais eficaz para se obter tempo livre e qualidade de vida, já que a pessoa lava e seca suas roupas com mais rapidez, além de economia de água, energia, detergente e amaciante”, mencionou Mirian.

VANTAGENS

Tanto Patrícia quanto Mirian só veem vantagens em implantar uma lavanderia compartilhada no Condomínio. Essas lavanderias podem ser na área comum desocupada ou na cobertura. Patrícia, que já fez projetos do tipo e é uma das adeptas deste modelo, disse que essas lavanderias precisam ter máquinas industriais, que aguentem fazer 600 ciclos por semana. 

E o maquinário deve ser econômico, para economizar água e energia. Dá até mesmo para instalar placas solares apenas para atender a lavanderia, mencionou Patrícia. Porém, deve haver um planeamento para que sejam usadas de cinco a dez unidades por vez. 

A gerente de Marketing da OMO Lavanderia, Maria Eugênia, informou que as máquinas usadas nas lavanderias são profissionais, diferentes de máquinas domésticas, e permitem uma economia pelos consumidores. 

Segundo a gerente de marketing, a lavanderia funciona com máquinas profissionais de alta performance, que possuem um ciclo completo bem mais rápido comparado com as máquinas domésticas.

“A economia é de até 65% no consumo de água e energia. Para lavar e secar leva apenas 75 minutos, na comparação com um ciclo de uma máquina lava e seca individual e doméstica que pode ultrapassar 5 horas”, explicou Maria Eugênia.

No caso específico deste modelo de negócio da OMO, pelo app, o usuário pode agendar o uso da máquina de lavar e secar, sem a necessidade de realizar filas, evitando aglomerações. A máquina lê um QR code gerado pelo app e libera o sistema para uso.

Nesse modelo compartilhado será eliminado o velho problema nos apartamentos, por exemplo, de falta de espaço para secar as roupas. Como as roupas serão secas no sol, pode ser eliminado o cheiro de mofo, típico das roupas secas no interior dos apartamentos e sem sol, mencionou Patrícia.

O design precisa ser funcional. “A importância do design funcional é a adequabilidade do espaço para a instalação desta lavanderia compartilhada visando não somente a estética, mas o conforto , a funcionalidade e otimização. Estes equipamentos geram uma economia significativa de 70% de água, 80% de energia e 40% de detergentes e amaciantes e isso tem agradado muito às pessoas que as utilizam. Hoje em dia a palavra Sustentabilidade é muito valorizada em todos os meios. A preocupação com a preservação da natureza, que requer bastante consciência e respeito, é algo que vem apresentando crescente importância no mundo em que vivemos”, relatou Mirian.

Até mesmo os prédios antigos podem abrigar essas lavanderias compartilhadas. “É possível a adaptação a Lavanderia Compartilhada em prédios antigos porque a sua instalação é consideravelmente simples e prática. Necessita de um espaço que comporte a quantidade de máquinas desejada pelo condomínio, pontos de hidráulica, elétrica e escoamento”, contou Mirian.

INTERAÇÃO

Para Patrícia Forte, outra vantagem desse tipo de lavanderia é a interação social entre os moradores. As pessoas podem conversar com os outros moradores do Condomínio enquanto lavam a roupa ou até mesmo aproveitar a academia, a piscina e o jardim enquanto a máquina executa o serviço. “Pode usar momento chato de lavar roupa como momento de diversã e de passeio”, relatou Patrícia. E até mesmo fazer novos amigos.

Dicas e vantagens

– Uma vez por semana as máquinas devem ser higienizadas

– Deve ser destinada uma área para secagem de roupas no sol e outra interna, para uso nos dias chuvosos

– Roupas íntimas são lavadas em casa, nunca nas lavanderias compartilhadas

– As máquinas podem ser acionadas por cartão ou chaves com identificação dos moradores para permitir a identificação em caso de danos

– As lavandeiras compartilhadas são um atrativo na venda ou locação do imóvel

– Os Condôminos podem utilizar os recursos financeiros que seriam usados na compra da máquina de lavar e da secadora para fazer outras melhorias no imóvel

– Não corre risco de ter o apartamento alagado ao deixar a máquina ligada para ir trabalhar

– O espaço precisa criar uma atmosfera organizada para estimular a disciplina dos moradores

– Os moradores podem fazer rodízios para uso das máquinas

Dicas para melhorar a eficiência das lavanderias compartilhadas:

  • Separar as peças por cor (brancas, pretas/escuras ou coloridas)
  • Separar por peças delicadas, como roupas íntima
  • As máquinas oferecem um sistema prático de dosagem automática dos produtos profissionais, para que o cliente não tenha problema com um possível excesso de produto que demandaria um segundo enxágue.
  • O consumidor não precisa comprar produtos isoladamente, gerando mais economia mensal e ajudando o meio ambiente, já que isso implica em menos embalagens sendo descartadas.

 

Fonte: OMO Lavanderia Compartilhada

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Entre em contato

Telefone

(41) 3024-6247

R. Atílio Bório, 1307 – Alto da XV, Curitiba – PR

email

lmm@lmmobras.com.br

Empresa Certificada

Conheça a LMM

Nossa Política de Qualidade

“Executar obras com qualidade, buscando sempre a satisfação do cliente, atendendo os requisitos legais, visando à melhoria contínua e a manutenção da sustentabilidade.”

© 2021- LMM Obras (LMM Construção Civil LTDA) Todos os direitos reservados.

V.1.0

Add to cart